Algumas verdades do Marketing Digital - Rodolfo Cardoso

Algumas verdades do Marketing Digital

Será que estás preparado para ouvir algumas das verdades do marketing digital?

No filme “Uma questão de honra”, ou no original “A few good men”, Daniel Kaffee (Tom Cruise) exige durante uma audição em tribunal ao Coronel Nathan R. Jessep (Jack Nicholson) que este lhe diga a verdade. A resposta tornou-se numa das falas lendárias do cinema: “You can’t handle the truth!”.

O meu desafio é esse. Vou te contar algumas verdades do marketing digital, quer estejas preparado ou não.

Conteúdo orgânico não funciona

Calma. Ele funciona, mas publicar apenas e esperar que algo aconteça não te vai trazer resultados. É importante que invistas em anúncios para que o teu conteúdo chegue a mais gente, inclusive quem segue já a tua página.

Se não tens conhecimentos ou tempo para gerir esta parte tão importante do teu negócio, procura alguém que possa fazer a gestão de tráfego por ti. Ou seja, alguém que ficará responsável por aumentar as visitas ao teu website. Porque no final é esse o grande objectivo da criação de conteúdos.

Comentários negativos são bons

É isso mesmo, os comentários negativos ou menos positivos, são uma das melhores formas de venda.

As pessoas desconfiam daqueles comentários 5 estrelas. Vêem nas opiniões menos favoráveis maior autenticidade. Como é óbvio não deves de procurar promover os comentários menos positivos sobre o teu produto ou serviço, mas não fiques obcecado(a) em ter apenas comentários positivos e perfeitos.

Não tens que publicar diariamente

Publicar diariamente não garante um maior alcance das publicações.

Pensa no tempo vs custo hora que demoras a produzir uma publicação. É bem provável que valha mais investir esse custo no patrocínio de uma boa publicação, do que a produzir uma nova. E este é um exercício que pouca gente faz.

Quanto é o teu valor hora? Quanto tempo levas a produzir uma publicação para as redes sociais? Por exemplo, e com contas simples para que seja possível entender rapidamente, se cobras / recebes 15€ à hora e levas pelo menos 2h a criar uma publicação, o teu custo por publicação é de 30€. Será que faz sentido investir 900€ (30 publicações) na criação de conteúdo que chegará, em média a cerca de 10% da tua audiência (pessoas que seguem a tua página)?

Em alternativa, porque não desenvolver 12 publicações (360€ de investimento) e promover as mesmas com 25€ por publicação (300€)? Com toda a certeza irás levar a tua mensagem a mais pessoas.

Nota: Os valores apresentados e investimento servem apenas de exemplo, não deves assumir os mesmos como referências.

Não tens de estar em todas as redes

Surge uma nova rede social e a tua marca tem de criar de imediato uma conta e pensar numa abordagem. Mentira. Procura estar onde estão os teus clientes e onde faça sentido na tua estratégia. Não sigas mais um objecto brilhante.

É bem provável que seja das maiores problemas de qualquer profissional da área do marketing. Sempre que surge uma nova rede social há alguém, cliente, amigo ou director, que se apressa a perguntar se não deveria estar naquela nova rede social. Não. A resposta é mesmo essa.

Faz apenas sentido se a tua audiência, mas acima de tudo, a tua estratégia estiver alinhada com o propósito e objectivos da rede.

Ter um website é fundamental

Sim, parece incrível estar a dizer isto, mas é daqueles conselhos que temos de repetir vezes sem conta. Até porque há sites e sites.

Criar um site no Wix ou WordPress.com é uma solução rápida, mas a longo prazo trará muitos problemas. Investe um pouco mais (tempo e dinheiro) e tem algo que te permita crescer.

E lembra-te no teu site mandas tu. Ao contrário das redes sociais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *